Vitória sobre o RedBull coloca o Ituano na 4ª posição do Paulistão

Duas vitórias e a situação do Ituano na tabela de classificação do Campeonato Paulista da Série A1 mudou completamente. Se antes o time de Itu, comandado pelo saltense Vinicius Bergantin pensava em apenas abrir vantagem da zona de rebaixamento em virtude dos seguidos empates – 5 até agora, o Galo agora pensa em classificação. As vitórias no Estádio Novelli Júnior sobre o São Paulo por 2 a 1 e pelo placar mínimo (1 x 0) contra o RedBull na última segunda-feira, dia 26, colocaram o Ituano na quarta posição (14 pontos) da classificação geral da competição, atrás apenas dos grandes clubes paulistas como o Palmeiras (20 pontos), Santos (17 pontos), Corinthians (16 pontos): “O jogo contra o São Paulo foi um divisor de águas. Se perdêssemos aquela partida estaríamos nos complicando no campeonato. Com esta segunda vitória consecutiva demos um salto e um passo importante em busca da classificação” afirmou o volante Serrato.
Vale ressaltar que há um ano o Ituano não conquistava duas vitórias consecutivas. A última vez foi nas 2ª e 3ª rodadas do Paulista do ano passado quando venceu o Palmeiras e o São Bento, e curiosamente com os dois jogos também no Novelli Júnior. O Ituano soube aproveitar o momento: “Eu falei para eles na preleção que tínhamos que aproveitar o resultado positivo contra o São Paulo. Pegar o espírito daquela partida, o gosto pela vitória, e trazer para a partida de hoje. Os jogadores souberam sofrer contra uma boa equipe do Red Bull. Foram competentes e o mérito é totalmente deles. Compraram a causa do clube para buscar a classificação. Mesmo nos momentos difíceis, eles nunca tiveram dúvidas da capacidade deles e mereceram estas duas vitórias” comentou Vinicius Bergantin.
O próximo jogo do Galo será neste sábado, às 21h30, fora de casa contra o Novorizontino. E a sequência não será fácil para o Ituano, pois na terça-feira, dia 6, a equipe volta a jogar fora de casa, agora contra o São Bento, no Estádio Walter Ribeiro. E para encerrar a primeira fase da competição a equipe de Itu receberá o Palmeiras no dia 11, portanto os dois próximos jogos (Novorizontino e São Bento) são considerados fundamentais para o Galo garantir a vaga à próxima fase do Paulista.
2ª vitória – Uma tempestade castigou a cidade de Itu uma hora antes de começar a partida. Com um gramado perfeito por causa do bom sistema de drenagem, o Ituano partiu para o ataque e teve boas chances de abrir o placar, mas parou nas defesas do goleiro adversário. O Red Bull só conseguiu finalizar a primeira aos 26 minutos com Deivid para defesa segura de Vágner. E aos 30 minutos aconteceu o lance que decidiu a partida. Guilherme antes da linha de meio campo, fez um passe longo para Júnior Santos que pela primeira vez começa como titular por causa da lesão de Ronaldo. Ele partiu em velocidade, tirou o primeiro zagueiro da jogada, ameaçou ir para a direita, cortou para esquerda e bateu com o pé direito na saída do Júlio Cesar. Na comemoração ele ajoelhou, se emocionou e foi abraçado por todos os companheiros: “Foi uma emoção muito grande. Eu tinha falado para meus companheiros quando fiquei sabendo que ia começar jogando que estava muito confiante. Você sair de uma equipe amadora da Bahia e em apenas um ano jogar num clube com a grandeza do Ituano, maior campeão do Interior” explicou Júnior Santos.
O Red Bull foi mais ao ataque e criou algumas boas oportunidade. Novamente Vágner apareceu muito bem no jogo e fez defesas difíceis. No final, a confirmação da vitória por 1×0, valorizou o gol de Júnior Santos: “O Júnior é um cara muito querido. O elenco adotou ele que começou a jogar bola com 21 anos. Tem uma fome de crescer e vencer. Não apenas os jogos, ele quer vencer na vida. O que aconteceu hoje não é novidade para nós. Sabemos do potencial dele que não fez base e por isso sofre um pouco mais. Mas ele tem dado um salto muito grande desde que começou na 4ª divisão” comentou Vinicius Bergantin.