Trio vota contra homenagens para umbandistas e espíritas

Os vereadores Maria do Carmo Piunti, Normino da Rádio e José Galvão votaram contra o projeto de Decreto Legislativo que cria a Medalha e Diploma “Fiori Amantéa e Mícola Corazza” destinadas as pessoas envolvidas na religião Umbanda e Espírita. 
Os vereadores Rodrigo Macruz e Mané da Saúde tentaram argumentar para ter aprovação unânime: “A questão não é religião e sim o bem das pessoas. Respeitamos a opinião e a religião de todos e no ano passado votamos favorável a projeto de outra linha religiosa”, afirmou Mané da Saúde.
Os vereadores contrários ao projeto, Normino da Rádio e José Galvão explicaram suas posições: “Não tenho preconceito. Defendo a liberdade religiosa. Teremos interpretações diferentes. Me reservo ao direito de não compactuar com o que não vai de encontro com as minhas convicções de fé, mas não estou desmerecendo absolutamente ninguém”, explicou Normino, apoiado pelo vereador Galvão.
Ao mesmo tempo, o vereador Sérgio Castanheira, que também é evangélico, votou favorável e explicou: “Não vou julgar o mérito da religião. Respeito todas as religiões”. Apesar dos três votos contrários, o projeto foi aprovado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s