Cidade volta a fechar o ano com saldo positivo desde 2013

O Ministério do Trabalho, por intermédio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, divulgou a última listagem referente a empregabilidade ituana em 2017.

De acordo os números estatísticos publicados pelo órgão federal, o município ituano registrou, após 4 anos, saldo positivo ao final do ano. Em 2017 foram 20 novas vagas abertas no mercado de trabalho quando somadas as contratações e demissões no período.

Anúncios

Famílias de ocupação irregular em cemitério abandonado poderão ser retiradas do local nas próximas semanas

Nas próximas semanas, a Justiça local e a Polícia Militar de Itu deverá ser notificada da decisão final do Supremo Tribunal Federal – STF e iniciar o processo de planejamento para a reintegração de posse da área do Cemitério Memorial Pedra da Paz Universal, as margens da Estrada Velha Itu-Salto.
Nesta semana, a reportagem do Jornal Agora Itu contatou um dos representantes da empresa proprietária da área, a BSC Empreendimentos Imobiliários, que confirmou a situação: “Estamos aguardando apenas o retorno dos trabalhos do setor judiciário para que eles sejam oficialmente notificados da decisão da ministra Carmém Lúcia, do STF, que culminará na reintegração de posse da área pertencente a empresa. A partir da notificação, que deve acontecer na próxima semana, vamos novamente nos reunir com a Polícia Militar para planejar a reintegração. Tentaremos novamente o diálogo para evitar conflito”, comentou Mâncio Loyola, representante da empresa.
Ao longo dos últimos, a área de propriedade da BSC Empreendimentos teve o número de moradores irregulares ampliado e a estimativa é que mais de 1000 pessoas moram no local. Anteriormente com casas de madeira e hoje de alvenaria, a maioria dos residentes são das cidades de Itu e Salto, sendo uma parte da antiga “Favela do Isaac”, em Itu, que foi desocupada pela Prefeitura durante a antiga gestão.
Ainda em 2017, um grupo de moradores do local foi até a Câmara de Vereadores para pedir auxílio dos parlamentares pedindo a ampliação do prazo para a remoção das famílias, porém os vereadores afirmaram na oportunidade que não tinham como interferir numa decisão judicial.
A reportagem do Agora Itu contatou a Prefeitura sobre a situação da área e até o fechamento da matéria não houve retorno. A Polícia Militar, de acordo com as informações colhidas pela reportagem, ainda não foi notificada da decisão e aguarda um posicionamento da Justiça para inicia qualquer planejamento de desocupação da área.
Vale ressaltar que a operação de desocupação já foi planejada em 2017, porém um novo recurso e a também a impossibilidade da Prefeitura em auxiliar na remoção dos moradores inviabilizou a reintegração de posse.
Há mais de 10 anos, o cemitério foi abandonado pelo ex-proprietário que chegou a vender cotas à clientes, porém não cumpriu o acordo e não deu sequência ao projeto de um cemitério no local. Vários corpos foram sepultados no local ao longo dos anos e em 2014, a extinta Secretaria de Serviços Funerários removeu e levou os restos mortais ao cemitério municipal.
Desde 2013, a BSC Empreendimentos passou a ser a proprietária da área superior a 25 mil metros quadrados e desde então busca alternativas para desocupar o local e investir em loteamentos residenciais e industrial.

Oposição não terá representantes nas Comissões Permanentes

Após a eleição da Mesa Diretora para o próximo ano com Mané da Saúde como presidente, os vereadores definiram os integrantes das Comissões Permanentes do Poder Legislativo que terão a missão de analisar criterio-samente todos os projetos de lei apresentados antes da votação em ple-nário.
Um dos fatos importantes a ser destacado é que em nenhuma comissão os vereadores Reginaldo Carlota e Maria do Carmo aparecem.
Na Comissão de Justiça e Redação, o presidente será Henrique de Paula, com o apoio de Luciano do Secom e Thiago Gonçales. Já na de Finanças e Orçamento, Henrique de Paula também será o responsável com Thiago Gonçales e Rodrigo Macruz.
Luciano do Secom será o presidente da Comissão de Obras e Serviços Públicos, tendo como parceiros os vereadores Givanildo Soares e José Galvão.
Por fim, na Comissão de Educação, Saúde e Assistência Social o vereador Normino da Rádio exercerá o cargo de presidente com Sérgio Castanhei-ra e Wilson da Farmácia como membros.

Investidores conhecem resultados do Selo Social

Na tarde da última quarta-feira (06/12) ocorreu na Prefeitura de Itu uma reunião com os investidores do Selo Social. Com o término da fase de inclusão de projetos sociais do ciclo de certificação, foram apresentados os resultados preliminares das ações realizadas.

A reunião contou com a presença do prefeito Guilherme Gazzola, do secretário de Promoção e Desenvolvimento Social César Calixto, da diretora da pasta Anelise Barbosa, das representantes do Instituto Abaçaí Carina Giunco e Luciana Suemi, além de representantes dos investidores.

Na ocasião também foram apresentados os perfis de alguns dos projetos executados pelas organizações participantes e como eles contribuem no alcance dos objetivos de desenvolvimento local. “Vimos aqui projetos inovadores e que replicaremos em outras cidades”, comentou Carina.

Os investidores locais do Selo Social são a Água Forte Saneamento Ambiental, Cemed Logística, Colégio Cidade de Itu – Anglo, Grupo Lorenzon, Grupo Maggi, Plaza Shopping Itu e Starrett Indústria e Comércio.

Sobre o Selo Social

Idealizado pelo Instituto Abaçaí Brasil, o Selo Social é um certificado concedido para empresas, entidades sociais e órgãos públicos que demonstrem compromisso social. Durante o processo de certificação os setores se mobilizam na realização de ações em prol da comunidade pelas áreas de atuação – educação, saúde, meio ambiente, cultura, inclusão, economia, política e urbanização. O programa já foi implantado, com sucesso em cidades dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Distrito Federal e sua obtenção tem impactado positivamente sobre a credibilidade das organizações, transformando-se em um importante diferencial.

56 são certificados pelo Programa Estadual de Qualificação

Na última terça-feira, dia 21, o auditório da Prefeitura sediou a entrega de certificados do Programa Estadual de Qualificação – PEQ com a presença do secretário adjunto de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, Eufrozino Pereira.
Ao todo foram 56 formandos nos cursos de assistentes administrativo e de departamento pessoal. O Programa de nível básico é desenvolvido pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo e tem por objetivo é aumentar as chances de cidadãos na busca por trabalho, por meio de qualificação profissional e educação.

Com novo parceiro, Ituano se prepara para estreia no Paulistão contra o São Caetano

O Galo de Itu tem um novo parceiro. Na última quarta-feira, dia 22, na capital paulista, o gestor do Ituano, Juninho Paulista anunciou a parceira com o Grupo Gaia com o objetivo de ampliar a atuação da marca Ituano Futebol Clube dentro e fora de campo.

O contrato entre o Ituano e a Gaia terá duração até 2030 e dentre as metas estipuladas até 2028 está o acesso a Série A do Campeonato Brasileiro, participações nas finais do Campeonato Paulista, chegar a final da Copa São Paulo, atingir a fase de quartas de final da Copa do Brasil, além de ter jogadores formados nas categorias de base do clube na Seleção Brasileira e também consolidar a excelência do Centro de Treinamento. Outras metas na área de marketing e imagem do clube também foram pontuadas na apresentação da parceria. E para atingir essas metas, a parceria traz valores de trabalhos diferentes dos usuais desmitificando a ideia de “vitória a qualquer custo” e sim através de um trabalho consistente e a longo prazo.

Dentro de campo – E o Ituano já sabe contra quem estreará no Paulistão 2018. Jogando no Estádio Municipal Novelli Júnior, o Galo de Itu receberá o São Caetano para iniciar a trajetória no principal campeonato estadual do país. A tabela completa da primeira fase ainda não foi divulgada.

A equipe de Itu integra o grupo A juntamente com o Corinthians (atual campeão), Linense e Bragantino.

Na primeira fase, os times enfrentarão apenas adversários dos outros grupos, em turno único. Os dois melhores de cada chave avançam às quartas de final e se enfrentam entre si em dois jogos. Semifinais e finais também serão disputadas em duas partidas. Os dois times que somarem menos pontos na fase de grupos serão rebaixados. A competição vai começar no dia 17 de janeiro. As finais estão previstas para os dias 1º e 8 de abril.

O grupo B será formado por São Paulo, Ponte Preta, Santo André e São Caetano, enquanto o grupo C terá o Palmeiras, Novorizontino, São Bento e Ferroviária; já o grupo D o Santos terá a companhia do Botafogo, Mirassol e RB Brasil.

Mesmo com críticas da oposição, orçamento de R$ 716,5 milhões é aprovado

O Poder Legislativo aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que trata do orçamento municipal de 2018 no valor de R$ 716,5 milhões. O projeto será novamente votado, agora em definitivo, na próxima quarta-feira, dia 22, e a expectativa é que seja aprovado.
As duas principais secretarias beneficiadas pelo orçamento é a Educação com aproximadamente R$ 162,5 milhões e a Saúde com R$ 103 milhões.
Durante o debate do projeto, os vereadores de oposição, Reginaldo Carlota e Maria do Carmo Piunti criticaram os valores apresentados pela Prefeitura e condenaram também o percentual de remanejamento de verbas diretas, sem o aval da Câmara: “É na verdade um cheque em branco para o prefeito, que tem a possibilidade de mudar até 40% do orçamento sem autorização da Câmara. Apresentei uma emenda reduzindo para 20% o percentual e caso não seja aprovado pelos demais vereadores serei contrária ao orçamento em segunda votação”, argumentou Maria do Carmo, que também lamentou a ingerência dos vereadores na formatação do orçamento.
O vereador e crítico da administração pública, Reginaldo Carlota, também citou que a atual gestão não atingiu a marca dos R$ 500 milhões em 2017, mas projeta R$ 716 milhões no próximo ano: “Vai aumentar IPTU? É um absurdo!”.
Os vereadores da base governista, Givanildo Soares e Benedito Roque de Moraes apontaram aos colegas de Legislativo que os orçamentos são previsões e que podem sofrer mutações ao longo do ano: “São administrações e momentos diferentes, e os números também mudam. Antes não tinha a Companhia Ituana de Saneamento, por exemplo e somente o orçamento dela é superior a R$ 60 milhões”, justificou Dito Roque.
Durante o debate, o vereador Carlota se estranhou com o presidente da Câmara, José Galvão que solicitou ao vereador para não desviar o foco da discussão que era o orçamento municipal. Outra troca de farpas foi com Givanildo Soares quando criticou o prefeito e fez insinuações que vereadores “comem na mão do prefeito”.

Alterado – Em virtude do feriado da Consciência Negra, dia 21, a sessão daCâmara foi transferida para a terça-feira, dia 22, às 18 horas.