Prefeito confirma “Estado de Atenção” e alterações no abastecimento

As constantes reclamações de problemas de abastecimento de água na cidade nas últimas semanas motivaram o prefeito Guilherme Gazzola a realizar uma “Live” no perfil oficial da Prefeitura no Facebook para apresentar informações quanto à situação hídrica do município.

Com 68,1% da capacidade de armazenamento, sendo que a Bacia do Itaim tem a pior situação, com apenas 40%, o prefeito Guilherme Gazzola afirmou que Itu está em “Estado de Atenção” devido à realidade nacional, citando que a “Segurança hídrica é diferente de garantia de abastecimento”. Ele completou. “Estamos no início da estiagem. Média do volume de chuvas nos últimos 10 anos com redução. Os reservatórios de todo o país apresentaram redução significativa e o efeito é imediato na energia elétrica com a aplicação da bandeira vermelha”.

Entre as ações informadas pelo prefeito, os condomínios residenciais e os bairros Paraíso 01 e 02, que possuem imóveis com maior capacidade de reservação de água, terão abastecimento interrompido durante a noite, a partir das 22h.

A CIS também reduziu a quantidade de água tratada na ETA Rancho Grande durante a noite, com diminuição de pressão nas redes de distribuição da região central.

A bomba pressurizadora de rede localizada no bairro São Luiz também é desligada entre 22h e 5h, com redução de pressão nas redes de distribuição deste bairro e entornos. Por fim, o Sistema Itaim que abastece os bairros Potiguara, Chácaras Reunidas Ipês, Jd. Oliveira, Bom Viver, Santa Inês, Chácaras Flórida, Vila Real R1, Ulderico Ferrari e Itaim Guaçu – está inoperante entre 22h e 5h.

Reservatórios – A edição do último dia 30 de abril da “Imprensa Oficial” registrou o decreto 3.675 que “Determina a requisição administrativa dos reservatórios superficiais de água existentes no município de Itu” pelo prazo de 120 dias, prorrogáveis pelo mesmo período. A CIS – Compnhia Ituana de Saneamento fica autorizada à promover, com recursos próprios, a exploração das áreas e a obtenção de todas as licenças necessárias. 

Ao todo são 35 áreas que compreendem as regiões das bacias São Miguel-Varejão, Braiaia, Gomes, Taquaral-Pirapitingui e Itaim. Segundo o decreto, a solicitação se faz necessária projetando a ampliação da população; o aumento das temperaturas especialmente na época de estiagem que pode gerar redução de oferta de água; a importância do reforço do volume para o abastecimento.

Ações da CIS – A CIS anunciou mais um pacote de obras para melhorar o abastecimento de água em Itu. Ciente de que previsões indicam que o ano de 2021 será o mais seco da história do Estado de São Paulo, a autarquia municipal já promove ações necessárias em todas as regiões da cidade. Entre elas estão a ampliação da Estação de Tratamento do Rancho grande; a instalação de novas bombas no Sistema Mombaça;  a inserção de macromedidores para controle maior das perdas na rede de distribuição de água; a substituição de quase oito quilômetros em redes no Bairro Brasil; ativação de poços para abastecimento da região do Parque Industrial e a setorização de redes no Pirapitingui. A Companhia também lança sua nova campanha para o uso consciente de água com o mote “Juntos vamos enfrentar o ano mais seco da história de SP”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s