Surto de Sarampo: 2 casos confirmados e 14 em investigação

Tensão na saúde. O Ministério da Saúde divulgou no último dia 14 uma lista de cidades com surto de sarampo e Itu é um dos municípios listados pelo órgão federal.
Questionada, a Prefeitura confirmou que a cidade registrou até o momento 19 casos suspeitos; destes dois foram confirmados, três descartados e 14 estão em investigação.
A recomendação do Ministério da Saúde é a vacinação das crianças na faixa etária de seis a 11 meses, residentes, sejam vacinadas com uma dose de vacina sarampo-caxumba-rubéola; pessoas entre 1 e 29 anos de idade: duas doses com intervalo mínimo de 30 dias; pessoas entre 30 e 59 anos de idade: uma dose; pessoas com 60 anos ou mais de idade: não precisam ser vacinadas. À nota ainda completa: “A interrupção dessa recomendação ocorrerá quando o município não apresentar casos confirmados nos últimos 90 dias. O Ministério da Saúde informará oportunamente o momento em que a vacinação das crianças menores de um ano de idade deverá ser suspensa”.
Em nota do Ministério da Saúde, o órgão federal já enviou para os estados brasileiros mais de 16 milhões de doses da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola. O objetivo em todos os estados do país era para intensificar a vacinação de crianças de seis meses a menores de um ano de idade que residem ou estão em deslocamento para municípios que, neste momento, apresentam surto ativo da doença, ou seja, com crescimento do número de casos confirmados da doença nos últimos 90 dias.
Com a entrada de novos casos da doença no país, o ministério tem reforçado as ações de combate e prevenção da doença nos estados que estão com circulação ativa do vírus do sarampo, entre eles, o estado de São Paulo, que já recebeu neste ano, 6,5 milhões de doses da vacina; e os estados do Rio Janeiro, Bahia e Paraná, que juntos receberam 8,2 milhões de doses.
O Brasil registrou, nos últimos 90 dias, entre 12 de maio a 03 de agosto de 2019, 1.226 casos confirmados de sarampo no Brasil, em quatro estados: São Paulo (1.220), Rio de Janeiro (4), Bahia (1) e Paraná (1). O coeficiente de incidência da doença foi de 0,58 por 100.000 habitantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s