Itu tem saldo positivo de vagas de emprego e amplia a capacitação profissional na cidade

Em fevereiro deste ano, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), 154 vagas de emprego foram criadas na cidade de Itu. Os números refletem o intenso trabalho da administração municipal para fomentar a economia local, por meio de ações de incentivo ao emprego e preparação de mão de obra. Esse panorama positivo já era demonstrado em Itu, no final do ano passado. Dados do Caged apontaram, no último mês de novembro, 381 novas vagas formalizadas, totalizando um acumulado de 1.295 em 2018.

O atendimento pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) bateu recordes, o que tornou Itu referência para a região, segundo o Caged e a Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp). No período de janeiro de 2017 a novembro de 2018, a Sala do Empreendedor capacitou 2.339 pessoas com suas oficinas e workshops, formalizou 2.581 cadastros de Microempreendedor Individual (MEI) e promoveu 86 palestras, cursos e atividades de formação profissional.

No primeiro trimestre de 2019, somados os atendimentos realizados no Paço Municipal pelo Sebrae, Sala do Empreendedor e Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), e na Subprefeitura Regional do Pirapitingui, os números revelam que esses serviços têm sido importantes pontos de apoio à população. A média diária de atendimento é de 270 pessoas, entre as que desejam abrir empresas, participar de treinamentos e buscarem vagas de emprego.

Com a instalação em Itu das empresas Hi-Lex, Grupo SLA, Novo Hotel e Samba Hotéis também data de 2018 e, diante desse aquecimento da economia, a Prefeitura amplia a política de capacitação profissional. Na edição do programa “Prefeitura no Pira” de março deste ano, 327 moradores dos bairros localizados na região do Pirapitingui efetuaram pré-cadastros para os cursos de capacitação que serão promovidos pelo governo municipal, por meio da Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social de Itu.

Os munícipes pré-cadastrados serão submetidos a triagem, para que a equipe da referida pasta verifique se os mesmos atendem aos requisitos de cada curso. As demais vagas para este semestre serão preenchidas por usuários das unidades locais do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Neste primeiro semestre serão disponibilizadas 400 vagas para cursos gratuitos (outras 800 vagas serão abertas no segundo semestre deste ano). Os cursos oferecidos serão nas áreas de beleza e estética, comércio, construção civil, empreendedorismo, gastronomia, indústria, moda, saúde e tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s