Muralha eletrônica: GCM desmantela quadrilha que aplicava golpes em Itu

Por meio do serviço de inteligência da Guarda Civil Municipal, indivíduos que instalavam “chupa cabras” em caixas eletrônicos foram detidos

A Guarda Civil Municipal (GCM), por meio do setor de inteligência aplicada à segurança metropolitana denominada Muralha Eletrônica, efetuou a detenção de três indivíduos na tarde do último domingo (17/02), nas proximidades de uma agência bancária, no Bairro Itu Novo Centro. A CGM explica que, no momento da apreensão, o alvo seria a agência do Banco Santander localizada no referido bairro.

Um dia antes da detenção (16/02), a GCM recebeu uma denúncia pelo telefone 153 sobre um veículo com indivíduos em atitude suspeita perto da agência bancária no Bairro Itu Novo Centro. Segundo os relatos da pessoa que efetuou a denúncia, os indivíduos entravam e saíam da agência a todo o momento.

A equipe da Corporação se deslocou até o local para averiguação, mas não encontrou o veículo suspeito. O número da placa informada pelo denunciante foi cadastrado pelo setor de inteligência no sistema da Muralha Eletrônica. No domingo, quando o veículo entrou novamente em Itu pela Rodovia Waldomiro Correia de Camargo – SP 79, a Muralha Eletrônica o detectou e, então, a equipe do Grupo Tático de Apoio e Prevenção (GTAP) seguiu para a região do Bairro Itu Novo Centro.

A GCM deteve dois indivíduos que estavam no carro e um terceiro posicionado no ponto de ônibus próximo ao local, e apreendeu três kits “chupa cabra” (material confeccionado artesanalmente, próprio para a prática de furto em caixas eletrônicos) com apetrechos para a subtração de envelopes (chapa de aço com pinça). Por meio da instalação desses kits, a quadrilha conseguiria clonar cartões e subtrair envelopes depositados nas máquinas.

Muralha eletrônica

A Muralha Eletrônica foi implantada pela Prefeitura de Itu no ano passado, interligando-se a outros municípios. Por meio dessa interligação é possível detectar a entrada e saída de veículos envolvidos em atos criminosos, promovendo prevenção, resposta rápida e até inibindo a realização de outros atos.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte, no período de 1 de dezembro de 2018 a 31 de dezembro de 2018, foram registrados 40 furtos e roubos de veículos em Itu. No período de 1 de janeiro de 2019 a 31 de janeiro de 2019, os registros apontam 21 furtos e roubos de veículos. Os números revelam, portanto, que a redução deste tipo de ocorrência após a implantação da Muralha Eletrônica foi de 52%.

A Muralha Eletrônica auxilia a elucidar todos os tipos de crime, desde um pequeno furto até um assassinato, proporcionando ao serviço de inteligência diversas variáveis que compõem o antes, o durante e o depois de uma ação criminosa, mas o principal impacto é no furto e roubo de veículos.

Além da GCM, as Polícias Civil e Militar também estão envolvidas com o projeto. A troca de informações é constante, pois essas forças da segurança pública estão interligadas e todo o trabalho de inteligência realizado pela GCM de Itu é disponibilizado aos órgãos de segurança municipais e do Estado, se for o caso.

As vítimas podem contribuir com as investigações, informando imediatamente a ocorrência do delito ou suspeita, com a maior quantidade de detalhes possíveis, pessoalmente ou através do número 153. Dessa forma, o registro será feito no sistema em tempo oportuno, o que aumenta as chances de solução do caso.

imagem_release_1610241
Indivíduos foram detidos no Bairro Itu Novo Centro Divulgação/Prefeitura de Itu
imagem_release_1610240
GCM apreendeu kits “chupa cabra” Divulgação/Prefeitura de Itu