GALO EMPRESTA JOGADORES E AGUARDA DECISÃO DO MOGI MIRIM NA SÉRIE D DO BRASILEIRO.

Classificado para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D de 2019, o Ituano do técnico saltense Vinicius Bergantin retornou aos treinamentos na última semana visando a disputa da Copa Paulista, com início previsto para agosto.

Porém, o Ituano poderá voltar a campo ainda neste mês de abril. Isso porque o Mogi Mirim pode desistir da disputa do Brasileiro da Série D neste ano, mesmo com a tabela da competição já divulgada.
A CBF já definiu a abertura da competição no próximo dia 21 e a equipe do Mogi Mirim segue como uma das participantes da competição. Caso o Mogi desista de participar da competição, o Ituano assumiria a vaga. Vale ressaltar que a CBF informa oficialmente que “Neste momento, o Mogi Mirim está confirmado na Série D 2018. Caso um clube, nesta situação, desista de disputar, estaria excluído de competições da CBF por dois anos”

A primeira fase da Série D, os 68 times participantes foram divididos em 17 grupos regionalizados. Depois de seis rodadas, com jogos em turno e returno, se classificam para a segunda fase 32 clubes: os 17 primeiros colocados de cada grupo e os 15 melhores segundos colocados. Esses times começam o mata-mata até a final, prevista para acontecer dias 29 de julho e 5 de agosto.

E mesmo sem a confirmação que o Ituano não disputará o Brasileiro da Série D, alguns jogadores já foram desligados. O meia Marcelinho foi emprestado ao São Bento de Sorocaba e o volante Baralhas foi emprestado ao Atlético-PR, até dezembro deste ano. A Ponte Preta terá o reforço do zagueiro Léo, o lateral Igor e o atacante Júnior Santos.