Itu conquista R$ 2,7 milhões para revitalizações no Centro Histórico.

Os recursos obtidos junto ao DADE serão aplicados na Praça da Matriz e no recapeamento de ruas.

Mais de R$ 2,7 milhões foram obtidos pela Prefeitura de Itu junto ao DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) para obras de revitalizações no Centro Histórico. Os recursos serão aplicados na Praça da Matriz e no recapeamento de ruas. Ao todo, serão R$ 2.758.525,87, sendo R$ 953.690,60 para a revitalização da Praça e calçadas do entorno; e R$ 1.804.835,27 para a recuperação e adaptação à acessibilidade de vias públicas da região central.

“A conquista de mais essas verbas demonstra o trabalho sério de nosso governo em apresentar projetos bem elaborados tecnicamente e que, nestes casos, atendem as necessidades efetivas da cidade que detém o título de estância turística”, comentou o prefeito Guilherme Gazzola. “A aprovação pelo DADE e as assinaturas dos convênios, realizadas na semana passada, comprovam nosso bom relacionamento com o Governo do Estado e afirmam a retomada do crescimento de Itu em diversas áreas, que há anos estavam abandonadas em nossa cidade”, explicou.

PREFEITURA - GUILHERME CONQUISTA 2,7
Guilherme Gazzola assina os convênios acompanhado da diretora municipal de Turismo, Célia Toledo, e da diretora do DadeTur, Nanci Cortazzo Mendes Galuzio

Os investimentos na praça mais movimentada do município e em suas ruas próximas indicam que a Prefeitura vem fazendo a sua parte no reerguimento do Centro Histórico. As obras estão em sintonia com as normas de padronização das fachadas dos imóveis dessa área da cidade, implantadas pela atual gestão. “Queremos um Centro Histórico atraente, agradável para os turistas e moradores, favorecendo um comércio mais aquecido e o fortalecendo a geração de empregos”, disse Guilherme.

A Praça Padre Miguel, conhecida como Praça da Matriz, é um dos locais mais visitados por turistas, tendo ao seu redor estabelecimentos que recebem esses visitantes, promovendo a geração de emprego e renda. As obras preveem troca de piso, melhora na iluminação, ajustes no paisagismo, pintura do coreto e manutenção dos bancos.

Há ainda o montante destinado à recuperação e adaptação à acessibilidade de vias públicas da região central do município de Itu, que sofrem constante desgaste por apresentarem grande fluxo de veículos. As intervenções serão realizadas em trechos das ruas Santa Rita, Santa Cruz, Rio Branco, Marechal Deodoro, Bom Jesus, Madre Maria Theodora, Sete de Setembro, Elias Lobo e Garcia Moreno.

O Centro Histórico de Itu é um dos oito centros históricos do Estado de São Paulo tombados pelo Condephatt (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado).