Obras de canalização dos córregos são retomadas e devem ser concluídas até o fim do ano

Enfim, as obras de canalização dos córregos Taboão, Brochado e Guaraú serão efetivamente concluídas após quase 8 anos.
De acordo com o prefeito Guilherme Gazzola, em recente entrevista ao Agora Itu, a liberação de novos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC II que destinou R$ 95 milhões para a obra ituano possibilitará a conclusão do novo Parque Linear até o fim do ano: “Conseguimos resolver o imbróglio do projeto da canalização. Esperamos concluir até este ano a obra dos córregos e ampliar a mobilidade urbana. É um ponto importante. Acredito que teremos um ano diferente com uma cara nova. São R$ 12 milhões de investimentos e dentro do projeto já consta a questão do Parque Linear em todo o trajeto da canalização”.
Histórico – Iniciada ainda na gestão do ex-prefeito e atual deputado federal Herculano Passos, a Prefeitura na época assinou o convênio com o Governo Federal para as obras de drenagem urbana e controle de erosão dos córregos Brochado, Taboão e Guaraú, que incluiu também a criação de piscinões da Vila Gatti e Jardim Faculdade para evitar enchentes como aconteciam em diversos pontos da cidade.
As obras que tiveram início em 2012 se arrastaram ao longo da anterior gestão e após o trabalho político e burocrático junto às esferas estaduais e federais, as obras foram retomadas recentemente.
O Parque Linear contempla a canalização de 10 km de córregos, sendo que apenas o córrego Taboão foi concluído. Ele tem início no Bairro Vila Leis, passa por dentro do Parque Ecológico Taboão, Quartel de Itu, atravessa a Avenida Doutor Otaviano Pereira Mendes e se junta ao Córrego Brochado.
Ainda resta finalizar as obras do Córrego do Brochado, que nasce no Jardim das Rosas, segue para o Jardim Faculdade e Vila Gatti, atravessa a Vila Santana, chegando até a antiga Estação Ferroviária – onde as obras estão em andamento – até o entroncamento com o Córrego Guaraú, cuja canalização está praticamente concluída até desembocar no Rio Tietê.