Executivo busca novo líder do governo na Câmara após saída de Luciano do Secom

Os bastidores do Poder Legislativo estão agitados às vésperas do retorno das sessões no início de fevereiro.
Além dos polêmicos projetos de lei, como a possibilidade de aumento do número de vereadores para a próxima legislatura, passando de 13 para 19 cadeiras, e também outras alterações no Regimento Interno da Câmara, o Legislativo também terá uma mudança significativa na relação com o Poder Executivo.
O líder do prefeito na Câmara, Luciano do Secom optou por sair do cargo de líder em virtude dos trabalhos realizados fora do Poder Legislativo (Confira matéria abaixo) e informou ao prefeito Guilherme Gazzola de sua decisão.
De acordo com as informações obtidas pela reportagem, alguns nomes de vereadores surgem com possibilidade de assumir o cargo, porém ainda não foi oficializado. Também existe a informação que o Executivo inicialmente não nomeie um vereador como líder e aguarde o retorno dos trabalhos para definir uma estratégia de atuação.