O primeiro ano da gestão Gazzola

No dia 1º de janeiro de 2017, Guilherme Gazzola iniciou o seu maior desafio político e, possivelmente, de toda sua vida, ao assumir a chefia do Poder Executivo Ituano Mas este desafio político teve início em 2016, durante a acirrada campanha envolvendo a deputada estadual Rita Passos, o ex-vice-prefeito Neto Beluci, Oswaldo Sonsini e Monica Seixas.
Uma vitória apertada e considerada por muitos como inesperada deu a Guilherme a oportunidade de colocar em prática suas ideias, que sempre pautaram seus debates políticos.
Com uma equipe de secretariado diferente e com nomes da iniciativa privada, Guilherme passou a tratar a Prefeitura como uma empresa, porém sabemos que essa proposta não é fácil de implantar num sistema recheado de vícios de longa data.
Em um período de recessão econômica, o primeiro ano de gestão de Gazzola registrou momentos de crise e também de conquistas, mas o lado financeiro foi um item que sempre balizou as ações.
A promessa de reabrir o Pronto Socorro do Hospital Municipal, gerido pela Sociedade Beneficente São Camilo, pode ser considerada o principal ponto negativo da gestão e tem gerado até hoje um alto nível de desgaste com vereadores de oposição e também com a população. A abertura da UPA 24 horas pode ser apontada como uma saída emergencial, porém não substitui o compromisso da reabertura do PS do Hospital, que norteou sua campanha política.
Por outro lado, a Operação Cidade Limpa foi um dos projetos importantes e necessários para começar a colocar “ordem na casa” no início do mandato. Essa proposta, que depende da participação ativa da população, precisa ser mantida com o objetivo de conscientização da limpeza do município.
A chegada de uma nova modalidade esportiva de alto rendimento, como o basquete, também é um destaque para divulgar o nome da cidade no cenário nacional.
O trabalho do prefeito Guilherme tem sido considerado positivo, exceto no caso do PS do Hospital, porém espera-se que outras melhorias sejam conquistadas, pois o ano foi marcado por problemas financeiros em todo o país, e a expectativa é de que a situação evolua e a cidade possa crescer.