Prefeitura negocia com o Estado a construção de habitações populares

Na última semana, antes das comemorações natalinas, o secretário de Governo Rodrigo Tomba e o diretor de habitação José Branco estiveram reunidos com o secretário estadual de habitação Rodrigo Garcia juntamente com o deputado estadual Rodrigo Moraes solicitando a viabilidade da construção de 70 apartamentos para os moradores da comunidade da Vila Lucinda.

O objetivo é atender à necessidade de habitações para os moradores daquela região que não foram atendidos pelos conjuntos habitacionais Alpes I e II, na região da Vila Martins, o último empreendimento popular construído na cidade.

No total, o local conta com 600 apartamentos divididos em dois Conjuntos Habitacionais, Alpes I e Alpes II. Os trâmites para construção começaram em 2013 junto a aprovação da Caixa Econômica Federal. Os apartamentos dos Conjuntos Habitacionais Alpes I e II contam com hall de entrada, dois quartos, área de serviço, banheiro, sala, cozinha, uma vaga de garagem, além de área de recreação com quadra e salão de festas. Os apartamentos também já possuem pia de alumínio na cozinha, vaso sanitário, pia no banheiro, espelhos nas tomadas, interfone, esquadrias em alumínio, piso em todo apartamento, cabines para guardar dois botijões de gás, além de água e luz individual. O valor pago pela prestação é de 5% da renda familiar, sendo que para uma família que tenha como renda o teto exigido pelo financiamento pagará R$ 80 por mês.