Requerimentos da oposição são aprovados

Enfim, a oposição ao Governo na Câmara conseguiu a aprovação de requerimentos endereçados ao prefeito, arquirrival nas últimas semanas com discursos polêmicos. Apesar da aprovação dos requerimentos, as respostas serão enviadas apenas no próximo ano, pois o Legislativo entrará em recesso parlamentar até fevereiro de 2018.

Dois requerimentos, de autoria dos vereadores Maria do Carmo Piunti e Reginaldo Carlota, tratavam da estrutura e funcionamento da Unidade Básica de Saúde Nossa Senhora Aparecida, considerada UPA 24h. Num deles, Piunti solicitou dados referentes aos números de funcionários – terceirizados e concursados, cargos e funções.

Já Carlota encaminha pedidos de explicações sobre questões financeiras, como valores de repasse federal e custeio municipal, informações da empresa responsável pela administração da unidade, tempo de contrato e a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, além do número de médicos e o formato de atendimento em casos especiais.