Ciclistas ituanos participam da ultramaratona Brasil Ride

Um grupo de seis ciclistas ituanos está participando da oitava edição da competição da Brasil Ride, a ultramaratona internacional de Mountain Bike considerada entre as três maiores e mais importantes provas do mundo no gênero e a principal das Américas.

A Brasil Ride se encerra neste sábado, 21 de outubro, na Costa do Descobrimento, região de Porto Seguro, no Sul da Bahia. A prova, de nível internacional, é disputada em duplas e neste ano está reunindo 250 equipes de 22 países e de 24 estados brasileiros.

As duplas são formadas pelos ciclistas: Reginaldo Emilio Lonardi e Luiz Gazzola, Oberdan Souza e Gabriel Fruet, Pedrinho Turrini e Otavio Repele Junior.

O advogado ituano Reginaldo Emilio Lonardi participa do Brasil Ride pelo quarto ano. É um atleta dedicado, que divide seu tempo entre família, a carreira de advogado e treinamentos diários, visando a participação nas principais competições de mountain bike do país, mas sempre tendo como foco a ultramaratona Brasil Ride. É assessorado em seus treinamentos pelo Centro de Treinamento OCE (Over The Top Consultoria Esportiva) com o professor Felipe Miranda.

Essa é a primeira vez que o engenheiro ituano Luiz Gazzola participa da ultramaratona. Dedicado ao esporte ele também se divide entre a carreira profissional em empresa multinacional e os treinamentos esportivos. Participa das principais competições do Brasil e este ano dedicou os treinamentos focado na participação do Brasil Ride.

Pedro Turrini é empresário e treina há 4 anos. Apaixonado pelo esporte divide as responsabilidades entre trabalho e família. Treina há 4 anos e também participou das principais provas de MTB do país. Faz dupla com Otavio Repele Junior.

Gabriel Fruet atua no setor do e-commerce, praticante e competidor de MTB desde 2001. Tem como objetivo participar das principais competições do calendário brasileiro. Faz dupla com Oberdan Souza.

Para a dupla Reginaldo e Luiz, que participa da competição na categoria Master, estar numa competição como essa é unir o amor ao esporte e à natureza. Mesmo com o calor intenso que faz naquela região a equipe está preparada para completar todos os dias de provas e também se mostra otimista com os possíveis resultados. “Nos preparamos o ano todo para essa prova e também vamos em busca de bons resultados e quem sabe até mesmo o pódium”, explicam os cilcistas Reginaldo e Luiz.

A oitava edição da Brasil Ride terá sete etapas, com o início no prólogo na tarde do domingo (15) e encerramento no sábado (21). Os ciclistas pedalarão cerca de 600 km, com a altimetria acumulada em torno de 13.000 metros, entre mar e montanhas. Após Arraial d’Ajuda, a corrida passará ainda por Eunápolis, Itabela e Guaratinga, chegando à região de São João do Sul. Na área costeira de Porto Seguro, os participantes encontrarão muitos singles tracks (trilhas estreitas) típicos da região. Já no interior, plantações de cacau, parques e regiões de montanhas, próximas da divisa entre a Bahia e Minas Gerais, serão as localidades responsáveis por receber as etapas com as maiores distâncias e altimetrias acumuladas.